INTRANET

 

 
Utilizador :  
Senha :
O processo de autenticação é sensível
a letras maiúsculas e minúsculas.


Bolseiros

 

 
Utilizador :  
Senha :
O processo de autenticação é sensível
a letras maiúsculas e minúsculas.

Esqueceu a senha?


Erasmus Mundus
Projecto EBW II
FAQs

  NEW!
Publicação Final do Projeto EBW II
Conheça os resultados do projeto e os testemunhos daqueles que o viveram na primeira pessoa!
Download [EN] | Download [PT]

Candidaturas Encerradas!

A Convocatória de 2010 anunciada pela EACEA (Agência Europeia responsável pela gestão do programa Erasmus Mundus) não incluiu o lote geográfico Brasil. Neste sentido, não está prevista neste momento a abertura de qualquer convocatória para apresentação de candidaturas a este projecto.


    NEW!
PDF Euro Brazilian Windows II Newsletter N.º 15
(2013-06)
Download [EN] | Download [PT]
 
Edições anteriores


PDF   Folheto 2009: candidatos Brasileiros
Download [PT-BR]

PDF   Folheto 2009: candidatos Europeus
Download [EN]
Download [PT-PT]

PDF   Flyer 2ª Convocatória – Para candidatos brasileiros
Download

PDF   Flyer 2ª Convocatória – Para candidatos europeus
Download

PDF   Poster 2ª Convocatória – Para candidatos brasileiros
Download

PDF   Poster 2ª Convocatória – Para candidatos europeus
Download

PDF   Insurance
Download | Patris Seguros

PDF Seleccionados 3ª Convocatória BR-EU

PDF Seleccionados 3ª Convocatória EU-BR

PDF Novos seleccionados 2010

PDF Lista de reserva final

Introdução

O EM-ECW é um programa de cooperação e mobilidade na área do ensino superior lançado pelo Serviço de Cooperação EuropeAid, da DG EuropeAid, e implementado pela Education and Culture Executive Agency (EACEA).

O objectivo do programa é alcançar um melhor entendimento e um enriquecimento mútuo entre a União Europeia e os países terceiros na área do ensino superior, pela promoção do intercâmbio de pessoas, conhecimentos e capacidades ao nível do ensino superior. A prossecução destes objectivos assenta em parcerias e intercâmbios de cooperação institucional entre Instituições de Ensino Superior (IES) europeias e de países terceiros, no âmbito de um programa de mobilidade dirigido a estudantes, investigadores e pessoal docente.

Os principais objectivos do EM-ECW são:

  • Aumentar a capacidade de cooperação internacional das universidades dos países terceiros;
  • Promover a cooperação entre instituições Europeias e instituições de todo o mundo;
  • Permitir aos estudantes beneficiar da preparação linguística e da interacção cultural e educativa inerentes à experiência de realizar estudos académicos noutro país, promovendo também os valores da União Europeia;
  • Melhorar a transparência e o reconhecimento de estudos e qualificações, particularmente recorrendo aos progressos alcançados com o processo de Bolonha nesta área;
  • Permitir aos bons alunos provenientes de grupos vulneráveis frequentar o ensino superior;
  • Melhorar as capacidades e qualificações do pessoal docente proveniente das instituições parceiras, de modo a que possam contribuir de uma forma activa para o aumento da qualidade;
  • Promover actividades de formação da administração do sector público e privado, através da participação dos seus funcionários em actividades de mobilidade no ensino superior (especialmente através de actividades doutorais e pós-doutorais);
  • Melhorar, a médio prazo, as relações políticas, culturais, educativas e económicas entre a União Europeia e os países terceiros.

No caso do Brasil, um dos projectos aprovados no contexto do EM-ECW será implementado por um consórcio de instituições europeias e brasileiras, liderado pela Universidade do Porto.

Neste website poderá encontrar todas as informações necessárias acerca do projecto EBW II, nomeadamente os critérios de elegibilidade para a obtenção de bolsas, o Formulário de Candidatura, os contactos das Instituições parceiras e da Coordenação do projecto para esclarecimento de dúvidas e questões, etc.


 

Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia.
A informação contida nesta comunicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável pela utilização que dela possa ser feita.